Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco

Há poucas semanas eu escrevi um post no Instagram mostrando os cartões que eu uso no dia a dia e para obter acesso à salas VIP. Também escrevi o post com 05 cartões recomendados para quem quer conforto em aeroportos. O cartão American Express The Platinum Card emitido pelo Bradesco sempre esteve em destaque aqui no Minha Sala VIP, mas hoje chegou a hora de abandoná-lo de uma vez por todas.

Peço desculpas pelo textão.

Antes, quero deixar duas coisas bem claras antes que você continue a ler este artigo. A primeira é que eu continuo respeitando a bandeira American Express pelos benefícios que ela oferece aos usuários. E a segunda, é que eu continuo acreditando que o Amex é um dos melhores cartões do Brasil, porém, a administração do Banco Bradesco me deu diversos motivos para que essa atitude fosse tomada.

TPC Bradesco Overview - Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco

Vale lembrar que nunca fui cliente do Bradesco. O banco caiu no meu colo na ocasião da compra do HSBC do qual era correntista desde os meus 15 anos. Pouco tempo após a transição em Outubro de 2016 já era possível perceber um banco engessado. Meu The Platinum Card foi emitido nessa transição e por este motivo eu acabei permanecendo. Afinal, os benefícios eram interessantíssimos para o meu perfil.

HÁ UM LIMITE NO CARTÃO SEM LIMITES

Nunca entendi o motivo do Bradesco anunciar o TPC como um cartão sem limites. Eu sempre soube, desde o começo, que havia um limite de despesas no meu cartão. Inclusive, se eventualmente eu precisasse fazer uma despesa maior, era necessário ligar para a gerente.

TPC Bradesco limite - Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco
Apesar da propaganda do Bradesco, há um limite de gastos no cartão.

Algumas vezes tive compras bloqueadas por vários motivos. Algumas delas porque ultrapassei o limite (que eu já conhecia, afinal). Porém, no atendimento telefônico a atendente fez questão de dizer que não havia limite, e que eram apenas compras suspeitas, mesmo sendo o mesmo supermercado onde eu comprava pelo menos 3x por semana. Confesso que esse posicionamento me incomodava, mas não era suficiente para cancelar o cartão.

FALTA DE TRANSPARÊNCIA

Além do problema já citado acima, outra coisa me incomodava muito. Recebi um cartão isento de anuidade conforme o gerente na época da transição do HSBC para o Bradesco. Um ano depois, recebi a cobrança da anuidade. Liguei, questionei e recebi a informação de que este não era e nunca foi um cartão isento de anuidade, mas que eu receberia mais um ano sem custo.

TPC Bradesco ComDiners - Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco
Há algumas semanas, mostrei os dois cartões que uso no dia a dia.

No segundo ano, a mesma coisa. Liguei e recebi a informação de que eu precisaria ter um gasto 100% acima do meu limite (que a atendente jurava não existir) para ter isenção da anuidade. Amigos próximos receberam 100% de isenção no mesmo período com menos despesas mensais na fatura. Apesar da anuidade não ser um fator determinante na escolha de um cartão, já fiquei com o pé atrás.

PÉSSIMO ATENDIMENTO AO CLIENTE

Com o tempo, passei a evitar o atendimento ao cliente do Bradesco Cartões. Só utilizava mesmo em caso de emergência como cartão bloqueado. Fui percebendo uma queda incrível na qualidade de atendimento. No início eu era encaminhado diretamente para o atendimento da American Express, especializado, que já tinha uma noção do que era o cartão e seus benefícios.

A partir de 2018, passei a ser atendido pelo atendimento de varejo do Bradesco e entre tantas barbaridades que eu ouvi no atendimento, destaco: “O seu cartão não dá direito a Sala VIP, senhor. Não tenho essa informação aqui”. Eu estava apenas querendo saber havia a possibilidade de entrar com a minha esposa na sala Bradesco Cartões em Congonhas.

Também em 2018, fui salvo pelo Concierge da American Express. Faria várias escalas nos Estados Unidos voando Delta. Precisava da confirmação de que eu poderia utilizar os Sky Clubs em vários aeroportos. Quatro atendentes diferentes, todos foram enfáticos ao afirmar que não havia qualquer parceria nos Estados Unidos. Graças ao Concierge eu recebi a lista das salas por email, o que me inspirou a escrever esse post: Guia Completo das Salas VIP da American Express, afinal, nem o próprio Bradesco conhece o produto.

ESTORNOS NÃO PROCESSADOS

Aqui está o grande vilão desse breve relacionamento conturbado que tive com o Bradesco nos últimos anos. Por algum motivo ainda obscuro, o Bradesco Cartões parou de processar os estornos no meu cartão. Sempre faço reservas em hotéis que permitem o cancelamento gratuito, com reembolso de 100% dos valores pagos. Incrivelmente, passei a ter que ligar ao banco todas as vezes que a Hoteis.Com fazia um estorno para o meu cartão porque eles pararam de aparecer na minha fatura.

TPC Bradesco telefone - Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco

Cheguei ao limite da minha paciência em Junho/2018 quando precisei de 48 dias para receber um estorno, tendo acionado o atendimento no Twitter, por telefone, por email e via ReclameAqui. Porém, só consegui resolver depois de registrar uma reclamação no Consumidor.Gov.Br (recomendo, inclusive).

TPC Bradesco telefone 2 - Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco

Eu poderia escrever um livro a respeito da incompetência do banco, do péssimo atendimento recebido e das 09 (nove) vezes que eles me pediram meu telefone e em todas declararam que não haviam conseguido contato comigo. Sempre fui claro ao dizer que moro no exterior, deixei diferentes telefones, e em um último contato descobri que o campo para o número de telefone no sistema deles não permite escrever o número inteiro. Ah, o email só serve para receber mensagens. O procedimento do banco não permite que o atendimento nos responda, nem que seja um: “Sr, por favor ligue para o número x”

Ao receber o último estorno, depois de 48 dias de negociação por um valor que era meu por direito, eu resolvi cancelar o meu cartão. Mas, não sem antes contar para vocês algo que aconteceu depois disso.

(BÔNUS) CLONARAM MEU CARTÃO. ANTES DE EU RECEBER ELE EM CASA.

No meio de toda essa confusão, parei de utilizar meu cartão ainda em maio deste ano. Exatamente no dia em que recebi o último estorno comentado acima, percebi que meu cartão tinha sumido do aplicativo do Bradesco no meu celular. Pensei: “Dei tanto trabalho para o banco, que cancelaram meu cartão”. Porém, como a anuidade está paga até Março do próximo ano, liguei para saber o que tinha acontecido.

Para minha surpresa, o cartão inutilizado há alguns meses, havia sido clonado com despesas totalmente dentro do meu perfil. Viagens, passagens aéreas, hotéis… Ele havia sido bloqueado por ter passado o limite de gastos em apenas um dia. Questionei, expliquei a situação. Saliento que não fui responsabilizado por nenhuma das despesas.

O procedimento então seria o Bradesco enviar um novo cartão para meu endereço de cadastro no Brasil. OK, confirmei o endereço e um novo cartão foi emitido. Mas, para surpresa geral da nação, o cartão encontra-se novamente cancelado por tentativa de fraude. Atenção para o detalhe: 24 horas depois da emissão. Ou seja, não deu nem tempo para o cartão sair da matriz do banco e já se encontra novamente clonado. Eu fico imaginando como o banco trata da segurança dos dados dos seus clientes em casos como esse.

Acredito que isso tudo justifica a minha atitude. ADEUS BRADESCO. E ATÉ NUNCA MAIS!!!!!!!

Em tempo, felizmente consegui uma outra maneira de utilizar o American Express The Platinum Card não atrelado ao Bradesco. Mas isso é assunto para outro post.

15 Replies to “Opinião | Por que abandonei meu American Express do Bradesco”

  1. Que novela!!!!
    Tenho visto muitas reclamações sobre Bradesco. Sou correntista e tenho Elo Nanquin. A anuidade absurda da AE sempre me Fez correr dele, mesmo achando ser um excelente cartão.
    Quero saber o próximo capítulo … como usar The Platinum sem ser Bradesco. Conta pra gente 😉

        1. Olá Luis. Consegui sim, mas como residente no Reino Unido após fazer vários procedimentos para garantir crédito aqui no país. Estando no Brasil ainda é bem difícil, a não ser que possua um número de Seguro Social nos EUA, daí é possível solicitar online.

    1. Sou cliente do Amex desde 1990, tudo que vc passou eu também passei com a nova administração do Bradesco entre outras tantas péssimas experiências vividas por este cartão, deixar claro, apos a nova administração dos cartões Amex pelo banco Bradesco ! Nao uso mais o cartao !

      1. Olá,
        Também sempre usei o amex, até então o meu cartão preferido, especialmente para viagens internacionais mas após a administração do Bradesco está lamentável, horrível, e acabei de receber uma mensagem que o meu Amex se tornará Cartões Bradesco, procede essa informação? Receberam essa mensagem também? Se for, vou cancelar imediatamente esse Amex! obrigada

    1. Na verdade, não precisa desistir. Basta ter uma atenção maior à fatura e ao aplicativo. Qualquer dúvida, já liga lá na central. Pra mim era ruim porque cada vez eu tinha que fazer uma ligação internacional e ainda acredito que os últimos problemas têm relação com as minhas efusivas reclamações em todos os canais. Se dê a chance de conhecer os benefícios do Amex. Ele nunca deixará de ser um cartão excepcional, principalmente se utilizado fora do Brasil.

  2. Gui,

    Lendo seus relatos, até achei que você tivesse feito uma entrevista comigo e publicado depois! kkkkkk

    O Bradesco já era! Ficou pra trás…
    Depois de 17 anos, também estou me despedido do meu TPC!
    Totalmente substituído pelos Personnalité Master Black e Multiplus Visa Infinite!
    Parabéns pelo texto, abs!

  3. Aqui no Brasil voce também pode ter o TPC sem ser correntista do Bradesco.
    A diferença é que voce vai receber um boleto pra pagar ao invés de ser debitado em conta.
    Descobri isso, pois também estou descontente com o atendimento do bradesco e perguntei se poderia fechar minha conta e manter o TPC. Foi me dito que poderia fechar a conta e mudar o pagamento para boleto.

  4. Eu tenho um Amex Gold Credit desde 2007 quando tinha uma conta de universitário. A conte foi encerrada e eu continuei com ele. Depois substituíram pelo Amex Green, depois pelo Gold e finalmente pelo TPC.

  5. Com toda razão, o American Express deveria ter um critério mais bem ajustado para transferir a administração de seu cartão para o Bradesco, depois disso o atendimento ficou péssimo e os critérios de aceitação e serviços ficou igual aos outros, senão pior , quando a ideia era de um cartão diferenciado até pelo assunto do limite. Também estou prestes a cancelar o meu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *