Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges

O Priority Pass é, sem dúvidas, o maior programa de acesso à Salas VIP em aeroportos de todo o mundo. Seu diferencial é o fato de não possuir nenhuma sala própria, mas 1.200 salas parceiras que abrem suas portas para os portadores dos famosos cartões pretos com dourado.

PP Reclamacoes LAX - Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges
Cliente reclama que lounge do Aeroporto Internacional de Los Angeles não está honrando a parceria com o programa Priority Pass

Mas, nos últimos meses, o Priority Pass parece estar tendo muitos problemas com seus parceiros em diversos países. Passageiros têm reclamado muito, principalmente no Twitter, sobre problemas sérios de superlotação de salas, criação de regras que prejudicam os portadores do cartão e até mesmo reclamações pela péssima qualidade de alguns dos lounges oferecidos.

PP Reclamacoes Aspire 768x1024 - Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges
Aspire Lounge de Edinburgh, na Escócia. O cartaz na porta é cada vez mais comum e vale para o Priority Pass e outros programas.

O fato é que, sempre que há superlotação de qualquer sala, os membros do Priority Pass são os primeiros a serem barrados. Em alguns casos, usuários reclamam que mesmo com a sala vazia, outros programas possuem acesso, mas o Priority Pass permanece barrado.

PP Reclamacoes Vazio - Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges
Cliente reclama que, mesmo estando a sala vazia, os membros do Priority Pass permanecem barrados na porta.

Nas nossas últimas viagens, não foi difícil encontrar o famigerado cartaz apontando horários específicos para clientes Priority Pass em algumas salas. Na Internet, basta dar uma passada no Twitter do programa para perceber a quantidade de reclamações e cartazes postados todos os dias.

PP Reclamacoes TheClub 768x1024 - Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges
Horários pré-definidos para os programas de acesso aos lounges.

Estaria o Priority Pass sentindo os efeitos colaterais do seu crescimento estrondoso nos últimos anos? Você já teve a entrada barrada em algum lounge simplesmente por ser membro do programa? Conta pra gente.

4 Replies to “Aumentam as reclamações por membros Priority Pass barrados em lounges”

  1. É só ler os cartazes pra ver que esse não é um problema do PP e sim de todos os programas que oferecem salas (Diners e LK incluidos). Se você não tem uma sala especial do cartão (tipo centurion) ou não tem status da companhia aérea não tem pra onde fugir. Ou começa a comprar business class ou aceita o salão comum nos horários de pico

    1. Olá Raphael, tudo bem? O objetivo do texto é justamente para apontar o contrário do que você tentou explicar. De fato, muitas vezes quando o PP é bloqueado, outros programas também são. No entanto, em algumas salas somente o PP está sendo bloqueado e isso não depende da lotação. São diversas reclamações sobre salas vazias e membros Priority Pass barrados na porta. Há quem diga que o programa paga muito pouco às salas parceiras pelo acesso dos membros, e por isso elas acabam priorizando passageiros que pagam mais, o que faria muito sentido.

      Mas por que isso é mais relevante do que os demais programas? Simplesmente porque o Priority Pass cobra anuidade exclusivamente para uso do serviço. São poucos os cartões que ofercem o PP como benefício, diferente do Diners e LoungeKey que são agregados aos cartões de crédito. Neste caso, de que vale a pena pagar um valor adicional e ser barrado na porte? Uma questão de dar valor ao próprio dinheiro.
      Ainda, o Priority Pass é o maior programa do mundo, cresceu muito nos últimos 2 anos, e talvez sua força comercial tenha sido maior do que sua matriz de crescimento para parceiros.

  2. Recentemente passei pela sala da Turkish (Concourse B) – em Washington (Dulles) e me foi pedido 30 minutos de espera, pela lotação da sala (aproximadamente às 16:30). Ao entrar na sala perguntei a atendende se usar Lounge Key seria melhor do que PP, mas ela prontamente disse que não faz diferença alguma.
    Eu não pago anuidade pelo programa, mas mesmo aos que pagam, esses valor é pequeno perto ao cobrado por passagens em classes superiores e certamente o uso de cartões será considerado segunda linha.
    Parece-me, no entanto, que a Priority Pass vem fazendo parcerias com restaurantes nos aeroportos – talvez de maneira a fugir do problema. (mas não na velocidade pretendida pelos associados).
    É chato ficar esperando ou ser barrado na frente da sala, com certeza, mas de fato somos consumidores de segunda linha nesse produto. ;/

    1. Exatamente Anderson. A prioridade sempre será dos passageiros viajando Business e First. O movimento do PP para “garantir” um lugar para seus clientes é válido, mas nem sempre o passageiro quer simplesmente comer de graça. O principal produto do programa é Acesso à Salas VIP, e isso é o que os membros esperam, mesmo não tendo pago um centavo pela associação. Ao meu ver, o programa cresceu muito rápido e agora está sofrendo com a entrega do prometido. Mas ele ainda é o programa mais completo apesar de todas as reclamações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *